Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Manipulação de nicotina é confirmada (24/1/2007)
Paula Johns

http://www.cidadeverde.com/noticia.asp?ID=40361

Qualquer dúvida de que a indústria do tabaco tenha aumentado propositalmente a quantidade de nicotina dos cigarros foi comprovada por um estudo feito por pesquisadores da Escola de Saúde Pública de Harvard. Eles confirmaram no ano passado a descoberta do aumento de nicotina pelo Departamento de Saúde Pública de Massachusetts e foram identificar como as empresas de tabaco desenvolveram seus cigarros para alcançar este resultado.

Tais manipulações foram descobertas porque o estado de Massachusetts exige que os fabricantes usem um teste mais realístico para medir a quantidade de nicotina entregue aos fumantes típicos, e requer que as empresas reportem características de desenvolvimento de seus cigarros. Quando os pesquisadores de Harvard analisaram novamente os dados, descobriram que a quantidade de nicotina contida em cada cigarro aumentou uma média de 11% entre 1998 e 2005, conclusão contestada pela indústria.

Os pesquisadores de Harvard concluíram que as empresas obteram tais resultados ao usarem um tipo de tabaco contendo uma maior concentração de nicotina, além de diminuírem a velocidade na qual os cigarros queimam - aumentando assim o número de tragos por cigarro. As empresas provavelmente esperavam que a nicotina adicional viciaria mais novos consumidores e impediria que os antigos largassem o hábito.

Este persistente mau comportamento torna imperativo que o Congresso conceda ao FDA a autoridade para regular produtos de tabaco, incluindo o poder de reduzir os níveis de nicotina e exigir dados compreensivos das empresas. O Senado aprovou de maneira unânime tal legislação em 2004, porém republicanos do Congresso bloqueram seu prosseguimento. Com as novas maiorias democratas em ambas as câmaras, chegou o tempo de tomar as rédeas desta indústria enganosa.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2