Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Governo aumenta restrições à venda de cigarros (27/2/2009)
ANSA

MONTEVIDÉU, 26 FEV (ANSA) - O governo uruguaio reforçou sua campanha contra o tabagismo com novas restrições que proíbem o uso de embalagens de cores diferentes para cigarros tipo suave ou light no país.

Segundo o Ministério da Saúde uruguaio, as diferentes embalagens "enganam" o consumidor, pois levariam a pensar que esse tipo de cigarro é menos nocivo que os outros.

Com a nova disposição, em vigor desde 18 de fevereiro, as fabricantes de cigarros serão obrigadas a optar por uma única embalagem para todos os sub-produtos da mesma marca.

O Uruguai se tornou em 2006 o primeiro país "livre de fumo" da América Latina, depois que o governo de Tabaré Vázquez decretou a proibição do cigarro em espaços públicos fechados como bares, restaurantes, e ambientes de trabalho.

Paralelamente, uma nova pesquisa sobre o tabagismo no país concluiu que o cigarro está presente em 44,5% das residências de Montevidéu e em 39% das residências do país.

A maioria dos fumantes no Uruguai são jovens com idades entre 20 e 34 anos, acrescenta o estudo.
 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2