Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Ridículas e vergonhosas (14/4/2010)
Jornal do Comercio

Edgar Lisboa | edgarlisboa@jornaldocomercio.com.br

Repórter Brasília
 

Audiência pública, realizada na Câmara dos Deputados, na tarde de ontem, sobre a implementação no Brasil das medidas previstas na “Convenção Quadro de Controle do Tabaco”, contou com a participação do coordenador-geral da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul do Brasil (Fetraf-sul), Altemir Tortelli.

“As atuais ações do governo para estímulo à diversificação da produção entre os pequenos plantadores de tabaco são ridículas e vergonhosas”, afirma Tortelli. Estima-se que 72% dos 200 mil fumicultores estão dispostos a cultivar outras lavouras. Contudo, apenas uma ação do Ministério do Desenvolvimento Agrário, classificada por Tortelli como “pontual e frágil”, está em andamento. Tortelli diz que “os temores e o terrorismo” sobre a queda na produção de tabaco foram derrubados.

“Diziam que a produção de tabaco no Brasil ia diminuir, mas aumentou”, contestou o coordenador. A convenção internacional, da qual o Brasil é signatário, prevê medidas para controle do tabagismo, proibição da propaganda, educação e conscientização da população, combate ao mercado ilegal de cigarros, tratamento da dependência da nicotina e inserção de mensagens de advertências em embalagens de produtos do tabaco.

 
 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2