Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Exposição na Câmara dos Deputados marca Dia Mundial sem Tabaco (31/5/2010)
Tribuna do Brasil

http://www.tribunadobrasil.com.br/site/?p=noticias_ver&id=21881

Duas exposições na Câmara dos Deputados fazem parte das atividades que marcam a programação do Dia Mundial sem Tabaco na Capital Federal. As mostras alertam sobre os riscos do cigarro tanto para quem fuma quanto para os que se expõem indiretamente às subtâncias do produto.

 

A exposição Propagandas Cigarro: Como a indústria do Fumo Enganou as Pessoas, aberta ao público até 11 de junho, no anexo 2, organizada pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostra como a indústria do cigarro trabalhou suas campanhas ao longo dos anos, mesmo após a proibição de anúncios publicitários.

 

A mostra Quem não Fuma não é Obrigado a Fumar, usa a figura de um garçom, que tem a cabeça em formato de aspirador de pó e suga a toxina lançada pelo fumante. A finalidade é mostrar, até 2 de junho, como esse profissional se torna um fumante passivo e pode sofrer dos mesmos males de quem faz consumo do tabaco.

 

Além de assistir à exposições, o público receberá materiais informativos com dados da indústria do cigarro no Brasil. A coordenadora de relações institucionais da Aliança de Controle do Tabagismo (ACT) Daniela Guedes explica que o objetivo é mostrar o grau de vulnerabilidade aos problemas do tabagismo para quem está na condição de fumante passivo. Segundo o Inca, pelo menos sete pessoas morrem diariamente, no Brasil, por problemas ligados ao fumo.

 

“Qualquer trabalhador exposto à fumaça do cigarro é um fumante passivo. Usamos na campanha a figura do garçom para ilustrar o quanto pessoas não fumantes são prejudicadas, até porque dependendo da exposição à fumaça terá problemas tão graves quanto o fumante ativo”, ressalta a coordenadora.

 

No Brasil, a Lei 9.294/96 proíbe o fumo em ambientes coletivos, mas ainda permite a existência de áreas reservadas para fumantes. Apesar do avanço na legislação, ainda não há especificidades que respaldam os não fumantes. No Senado Federal, tramita o Projeto de Lei nº 315 de 2008, de autoria do Senador Tião Viana (PT-AC), que procura alterar a atual legislação para proibir o uso de produtos de tabaco em ambientes fechados, eliminando esse o espaço de quem fuma.

 

O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. A entidade estima que um terço da população mundial adulta, isto é, 1,2 bilhão de pessoas (entre as quais 200 milhões de mulheres), sejam fumantes.

 

O total de mortes devido ao uso do tabaco atingiu a marca de 4,9 milhões de mortes anuais, o que corresponde a mais de 10 mil mortes por dia.

 

Fonte: Agência Brasil

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2