Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Em 10 dias, Lei Antifumo começa a valer em Campo Grande (31/5/2010)
MS Notícias

http://www.msnoticias.com.br/?p=ler&id=41056

Nesta segunda-feira (31 de maio) comemora-se em todo mundo o Dia Mundial Sem Tabaco e Campo Grande já possui uma lei importante para combater o uso excessivo do cigarro. Dentro de dez dias estará valendo em Campo Grande a nova Lei Antifumo, proposta pelos vereadores Paulo Siufi (PMDB), Profº. João Rocha (PSDB) e Dr. Jamal Salem (PR), aprovada na Câmara Municipal no último dia 22 de dezembro de 2009.

A referida Lei foi sancionada pelo prefeito da Capital, Nelson Trad Filho (PMDB) no dia 30 de dezembro, mas ainda aguardava uma regulamentação para ser colocada em prática no âmbito do município. De acordo com o procurador-geral do município, Ernesto Borges, o prazo de “vacatio legis” foi longo porque foi preciso discutir muitos pontos para torná-la o mais eficiente possível.

Depois que a regulamentação da Lei for publicada no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), estará proibido fumar em locais de uso público fechados em qualquer um dos seus lados por parede, divisória, teto ou telhado, ainda que provisórios, onde haja permanência ou circulação de pessoas. Com isso, lugares como terminais de ônibus, bares, restaurantes, praças de alimentação, hotéis, pousadas, lanchonetes e boates ninguém mais poderá fumar.

Em março, Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, aprovou o projeto que proíbe, o uso de cigarros, em todos os recintos coletivos, privados ou públicos do país, os chamados fumódromos. “Isso só vem mostrar que estamos no caminho certo", disse o presidente do Legislativo Municipal, Paulo Siufi.

Conforme publicação da OMS (Organização Mundial de Saúde) realizada em parceria com a Sociedade Americana do Câncer, no mundo todo, três milhões de pessoas por ano – seis por minuto – morrem em função do fumo.

A Lei prevê que quem for flagrado descumprindo a nova legislação não será autuado, mas sim os proprietários dos estabelecimentos onde o fumo foi permitido. O Poder Executivo ainda está definindo o valor das multas a serem aplicadas, mas até o alvará de funcionamento pode ser cassado caso haja desrespeito à Lei Antifumo.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2