Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Família protesta contra doação feita por fumante (16/6/2010)
Zero Hora

Mulher de 28 anos recebeu em 2009 pulmões de homem que havia fumado por 30 anos
A família de uma britânica de 28 anos que recebeu sem saber pulmões transplantados de um doador que havia sido fumante afirmou que a jovem estaria “horrorizada” se soubesse do fato antes da cirurgia. Lynsey Scott sofria de fibrose cística e recebeu em fevereiro de 2009 um transplante duplo de pulmões de um doador que fumou durante 30 anos. Ela morreu em julho, de pneumonia.

O encarregado dos transplantes na Grã-Bretanha, Chris Rudge, defendeu a decisão de fazer o transplante, mas disse que os pacientes deveriam ser informados de que o doador havia sido fumante. O chefe do setor de pneumologia da Santa Casa, Luiz Carlos Corrêa da Silva, afirma que o procedimento já foi realizado muitas vezes no hospital porto-alegrense.

– Exames feitos antes do transplante mostrariam se o órgão tivesse alguma doença. Não há indícios de que o tabagismo do doador esteja ligado a essa morte – avalia o pneumologista.

O chefe da equipe de transplantes pulmonares da Santa Casa, José Camargo, diz que alguns protocolos excluem doadores que tenham fumado por mais de 20 anos, mas o mais importante é a avaliação caso a caso.
Londres
 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2