Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Hábitos saudáveis contribuem para aumentar tempo de vida (26/12/2005)
ACTBR

Fonte: JCNET – SP

Data: 18/12/2005

Roberta Mathias Com a impossibilidade de quantificar a herança multifatorial de cada indivíduo, o caminho acertivo para a longevidade é uma vida saudável. Porém, saudável significa buscar satisfazer suas necessidades básicas, o que também inclui evitar o estresse, mater atividades físicas e uma alimentação equilibrada. O biólogo geneticista Esiquiel de Miranda cita as cinco necessidades básica humanas, apontadas pelo psicólogo americano Abraham Maslow, que devem ser satisfeitas simultaneamente: necessidades fisiológica, de segurança, sociais, de estima e de auto-realização.

A alimentação exerce um papel importante no processo de satisfação pessoal, envolvendo questões emocionais, sociais e afetivas. A médica nutróloga Eline de Almeida Floriano recorda da transição epidemiológica da nutrição no mundo, principalmente no Brasil, e aponta as mudanças dos problemas de saúde em função da maior oferta alimentar e das conseqüências da vida moderna. "Antes da década 60, o problema de saúde pública era a desnutrição. Hoje houve uma transição, de desnutrição, bem menos evidente, para outro problema de saúde pública mundial, a obsesidade", destaca. Hoje valoriza-se a alimentação saudável tanto na prevenção como no tratamento de doenças. A maior causa de morte no mundo são as doenças cardiovasculares, que podem ter origem genética, mas são muito influenciadas pela vida moderna. "Estresse, sedentarismo, tabagismo e alimentação.

O sono também é muito importante, é restaurador", acrescenta a médica nutróloga. Em sua análise, as pessoas devem manter uma alimentação balanceada, com 55 a 60% da energia fornecida por carboidratos, 15 a 20% por proteínas e até 30% de lipídios. "Comer saudável é comer de tudo, diminuindo o consumo de gorduras e de açúcares simples, assim você encontra todos os nutrientes que são importantes, mas comer sem exageros." Ela também chama a atenção para os produtos industrializados. "Eles têm conservantes com substâncias tóxicas e calóricas. É bom evitar embutidos e enlatados e ampliar o uso de alimentos sem agrotóxicos. Você até deve estimular o plantio em casa mesmo", sugere Eline. Para finalizar, é fundamental manter atividades físicas três vezes por semana e evitar as descargas emocionais. Parafraseando o grupo paulista Premeditando o Breque: "Tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranqüilo". 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2