Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Cigarro pode matar um bilhão de pessoas neste século, adverte ONU (2/5/2011)
Mídia News

http://www.midianews.com.br/?pg=noticias&cat=3&idnot=49351

Seis milhões de pessoas morrem todo ano devido ao tabaco, sendo expostas ao fumo direta ou indiretamente


ONU BRASIL
• Um bilhão de pessoas pode morrer neste século devido ao fumo ou através da exposição ao fumo, se as taxas atuais de consumo do tabaco forem mantidas, alertou hoje (02/05) o Diretor da Iniciativa Contra o Tabaco da Organização Mundial de Saúde (OMS), Douglas Bettcher. Ele previu "um futuro cataclísmico", a não ser que sejam tomadas medidas sérias para combater o tabagismo, salientando que todas as mortes pelo uso do tabaco são totalmente evitáveis.

"Hoje temos as ferramentas para ajudar a todos", disse em Moscou (Rússia), onde o controle do tabaco foi o foco de uma das sessões de mesa-redonda da Conferência Ministerial Mundial sobre Doenças Não-transmissíveis. Bettcher disse ainda que cerca de seis milhões de pessoas morrem todo ano devido ao tabaco, sendo expostas ao fumo direta ou indiretamente, com número de vítimas desproporcionalmente maior em países mais pobres.

"Não é coincidência que as maiores taxas sejam encontradas agora em países de média e baixa renda, onde o acesso aos cuidados de saúde é frequentemente limitado e muitos governos têm sido negligentes quanto à regulamentação da indústria do tabaco", afirmou. Ele descreveu um "círculo vicioso da pobreza" que encurrala fumantes incapazes de pagar por tratamento ou mesmo pelos próprios cigarros.

Bettcher disse que as medidas mais bem sucedidas para reduzir a procura pelo cigarro são as que têm sido implementadas em países ricos, tais como o aumento dos preços dos produtos através dos impostos, a proibição total de consumo em lugares públicos, a introdução de grandes advertências ilustradas sobre os produtos e a criação de serviços de apoio a pessoas que tentam parar de fumar.

Participaram da mesa-redonda vários países que tiveram sucesso recentemente na redução da demanda pelo tabaco. Foi recomendado que, dada a forte ligação entre a pobreza e o tabagismo, o tema do consumo do tabaco torne-se uma prioridade para o desenvolvimento.
 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2