Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Novidades da indústria do cigarro estão atraindo os adolescentes (30/5/2011)
Jornal Nacional - TV Globo

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/05/novidades-da-industria-do-cigarro-estao-atraindo-os-adolescentes.html

O fumo entre adultos vem caindo nas últimas décadas e a indústria do tabaco se viu obrigada a seduzir um outro público.

Dia 31 de maio, é o Dia Mundial Antitabagismo. O Brasil poderia até comemorar uma conquista, nessa área porque o número de adultos que fumam caiu nos últimos 20 anos.

O problema é que as novidades da indústria do cigarro estão atraindo os adolescentes.

Uma jovem tinha apenas 12 anos quando fumou pela primeira vez. Hoje, aos 17, diz que é um vício: “Meu avô morreu de câncer de pulmão por causa de cigarro, mas eu não consigo parar”, contou.

Segundo a organização não governamental Aliança de Controle do Tabagismo, o fumo entre adultos vem caindo nas últimas décadas e a indústria do tabaco se viu obrigada a seduzir um outro público.
Os cigarros passaram a ter cores, cheiro e até sabores diferentes, como menta e chocolate, e com isso atraíram principalmente os jovens. Mas a Organização Mundial da Saúde (OMS) adverte que os aditivos que dão essa nova cara ao produto também aumentam o seu potencial tóxico.

“Eu fumo mentolado. Diminui aquele gosto de nicotina que o cigarro normal tem. Acabei entrando no vício”, disse outra jovem.

Os aditivos nos cigarros foram banidos nos Estados Unidos e no Canadá e é uma das medidas previstas em uma convenção para o controle do tabaco, compromisso internacional assinado pelo Brasil e mais 172 países.

Uma outra determina que o governo brasileiro tem até o fim do ano para regulamentar a publicidade nos pontos de venda. Há uma década, a propaganda já é proibida nos meios de comunicação.

“Ao todo, 78% da população aprovam a proibição de publicidade nos pontos de venda, 86% aprovam a proibição de publicidade voltada para os jovens, ou seja, a gente tem o apoio da população”, explicou Paula Johns, da ONG Aliança de Controle do Tabaco.

E campanhas precisam alertar mais os jovens. “É importante que o adolescente saiba que ele é manipulado pelas propagandas. Aquela linguagem de liberdade que eles usam não é nada daquilo que eles vão encontrar depois que experimentam o primeiro cigarro”, destacou Tânia Cavalcante, do Instituto Nacional de Câncer.
 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2