Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Cigarro continua sendo promovido no cinema (5/1/2011)
BBC Brasil

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2001/010105_cigarro.shtml

 

 Você está em: Notícias

05 de janeiro, 2001 - Publicado às 12h21 GMT

Cigarro continua sendo promovido no cinema
Fumar
Fumar é algo comum nos filmes

Os cigarros continuam sendo personagens constantes em filmes, apesar de uma proibição voluntária da propaganda indireta de produtos baixada dez anos atrás.

Um estudo envolvendo os 25 filmes de maior sucesso nos Estados Unidos para cada ano entre 1988 e 1997 mostrou que o uso de cigarros por atores promovendo determinadas marcas aumentou dez vezes no período.

Mas os responsáveis pela pesquisa não sabem ao certo se os produtores de cinema estão desrespeitando a proibição ou se usam certas marcas para dar um tom mais realista aos filmes.

Segundo grupos de combate ao cigarro, a indústria do tabaco está encontrando formas de burlar as restrições.

Público internacional

Os pesquisadores da Dartmouth Medical School, em New Hampshire, nos EUA, analisaram o número de vezes em que o nome, a marca ou o logotipo de cigarros apareceram nos filmes, assim como as cenas em que os atores são vistos manuseando ou fumando cigarros conhecidos.

Segundo os pesquisadores, a crescente concentração em apenas algumas marcas dá a impressão de que estes cigarros estão sendo claramente promovidos.

Cigarro no cinema
85% dos filmes incluíam cenas com cigarros
28% mostraram marcas de cigarros
32% dos filmes voltados para adolescentes contêm imagens com produtos, contra 35% para filmes adultos
Marcas de cigarros aparecerão em 20% dos filmes infantis
Quatro marcas de cigarros americanos totalizam 80% das aparições
Os dados da pesquisa públicada na revista médica The Lancet mostram que apenas quatro marcas americanas de cigarro somam 80 por cento das aparições nos filmes.

As imagens também atingem um mercado internacional grande, já que 49 por cento da renda dos filmes americanos são gerados pela exibição em cinemas fora dos EUA.

Filmes infantis

A marca Marlboro, por exemplo, totaliza 40 por cento das aparições em filmes, enquanto 20 por cento dos filmes infantis têm cenas em que marcas de cigarros acabam aparecendo.

O pesquisador que liderou o estudo, dr. James Sargent, diz que "a imagem de marcas de cigarros em filmes, especialmente quando contam com o apoio dos atores, equivale a outras formas de propaganda de cigarro".

"Os países que restringem a propaganda de cigarros também devem controlar esta prática", disse o pesquisador.

James Sargent afirmou ainda que "o uso de atores para anunciar marcas de cigarros acaba associando um tipo de pessoa com uma marca específica de cigarro".

Adolescentes

Segundo o pesquisador, a preocupação com a prática aumenta porque o impacto pode ser grande junto aos adolescentes.

Antes da proibição em 1990, os fabricantes de cigarros pagavam milhares de dólares para terem seus cigarros aparecendo nas mãos de atores famosos.

Mas o código de conduta é voluntário e não impede imagens com marcas de cigarros - apenas proíbe o pagamento por tais situações.

Críticos da indústria do cigarro dizem que marcas não aparecem em filmes por acidente, já que a produção cinematográfica envolve bastante planejamento de como e quando produtos específicos poderão aparecer nas cenas.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2