Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Seminário reúne sociedade civil e agências internacionais contra marketing da indústria do tabaco (17/8/2012)
ONU

http://www.onu.org.br/seminario-reune-sociedade-civil-e-agencias-internacionais-contra-marketing-da-industria-do-tabaco/

O V Seminário de Alianças Estratégicas para o Controle do Tabagismo, cujo objetivo é fortalecer a sociedade civil para desenvolver ações efetivas para o controle dotabaco no Brasil, terminou hoje (15) em Brasília (DF). Durante a abertura, Joaquín Molina, Representante da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS) no Brasil, ressaltou a importância da mobilização das organizações da sociedade civil para fazer frente às interferências da indústria do tabaco.

O evento foi promovido pela Aliança de Controle do Tabagismo (ACTbr) e reuniu as principais organizações da sociedade civil que apoiam as políticas de controle de tabaco e a implementação das diretrizes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco da Organização Mundial da Saúde (CQCT-OMS). Segunda Paula Johns, Diretora Executiva da ACTbr, “as ONG desempenham um papel essencial na implementação da CQCT-OMS, identificando os grupos de fachada que representam a indústria do tabaco e denunciando a sua interferência”.

Como tema central da programação do evento estava a interferência da indústria do tabaco sobre as políticas públicas, mas também foram abordadas questões como as alternativas econômicas ao plantio do tabaco, as políticas de preços e impostos de produtos de tabaco e o tabagismo passivo.

Desde 2005, a Convenção Quadro da OMS para o Controle do Tabaco exige que os seus 170 países-membros tomem medidas eficazes na redução da procura e oferta de produtos do tabaco, incluindo medidas que protejam as pessoas da exposição à fumaça do tabaco, contrariando o comércio ilícito, e proibindo publicidade, promoção e patrocínio.

Lei de controle na Austrália é exaltada

A agência de saúde das Nações Unidas aplaudiu hoje (15) a decisão da Alta Corte da Austrália de recusar um recurso legal da indústria do tabaco visando atacar as novas leis restritivasde comercialização do tabaco no país. A Diretora-Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, instou outros países a seguirem o exemplo da Austrália e adotarem uma postura igualmente dura com o marketing do tabaco.

Chan expressou a esperança de que a decisão iria detonar um “efeito dominó” global em questões legais relacionadas com o tabaco.

A Austrália está agora a caminho de se tornar o primeiro país a proibir a marca em embalagens de cigarros, requerendo uma monótona embalagem verde-oliva. “Com a vitória da Austrália, a saúde pública entra em um admirável mundo novo de controle do tabaco”, disse Chan, observando que a introdução de embalagens simples para produtos de tabaco seria “uma forma altamente eficaz de combater as cruéis táticas de marketing da indústria”.

 
 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2