Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Publicidade de cigarro aumenta chances de adolescente começar a fumar, confirma estudo (14/6/2013)
Veja on line

http://veja.abril.com.br/noticia/saude/publicidade-de-cigarro-aumenta-chances-de-adolescente-comecar-a-fumar-confirma-estudo

Segundo pesquisa, quanto maior a quantidade de anúncios de cigarro que um jovem vê, mais elevado é o seu risco de se tornar um fumante

A cada dez anúncios publicitários de cigarro que um adolescente vê, o seu risco de começar a fumar aumenta 40%. Além disso, as chances de que ele passe a fumar diariamente se tornam 30% mais elevadas. É o que concluiu um novo estudo feito no Instituto para Pesquisa em Saúde e Terapia da Alemanha que monitorou jovens não fumantes ao longo de dois anos e meio. As conclusões foram publicadas nesta quarta-feira no periódico BMJ Open.

A pesquisa começou em 2008, quando 1.320 adolescentes de 10 a 15 anos de idade que nunca haviam fumado foram questionados sobre a frequência com que haviam visto os anúncios publicitários que os pesquisadores lhes mostraram. A equipe incluiu imagens das seis maiores marcas de cigarro da Alemanha e de outros oito produtos, como de chocolates, roupas, celulares e carros.

Dois anos e meio depois, os pesquisadores perguntaram a mesma coisa aos mesmos jovens. Além disso, os participantes relataram se haviam começado a fumar e, caso a resposta fosse afirmativa, com que frequência e qual a quantidade que haviam fumado desde 2008.

De acordo com o estudo, um em cada três adolescentes afirmou ter fumado nesse período de dois anos e meio, e um em dez participantes disse ter fumado no último mês. Além disso, 5% dos jovens afirmaram ter consumido mais de 100 cigarros desde o início do estudo e 5% disseram que fumavam todos os dias.

Influência dos amigos — Os pesquisadores também observaram que o fator que exerce maior influência para que um adolescente comece a fumar é ter algum amigo que fuma. Em segundo lugar está a exposição à publicidade de cigarro – e quanto maior é essa exposição, maiores as chances de o jovem começar a fumar. Os jovens que afirmaram ter visto o maior número de anúncios de cigarro demonstraram ser até duas vezes mais propensos a fumar do que aqueles que viram menos anúncios.

"Os dados desse estudo apoiam a proibição de publicidade de cigarros, pois a exposição a propagandas de tabaco pode prever a iniciação no tabagismo", afirmam os autores.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2