Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Quero meu ambiente livre do cigarro (29/5/2006)
ACTBR

Fonte: Jornal do Estado online - Parana

27/06

Na próxima quarta-feira, 191 países, incluindo o Brasil, comemoram o Dia Mundial sem Tabaco

Quem passar pelo boulevard do Shopping Estação no próximo dia 31, quarta-feira, Dia Mundial Sem Tabaco, poderá conferir a exposição de cartazes dos alunos das 168 escolas municipais e dos 154 centros municipais de educação infantil (CMEIs) sobre o tema. A mostra faz parte da mobilização que será promovida pela Prefeitura de Curitiba, em parceria com o Shopping Estação, para prevenir e sensibilizar as pessoas sobre os males provocados pelo fumo.

No dia, equipes do programa Ambiente de Trabalho Livre de Cigarro, da Prefeitura de Curitiba, farão exames de medição pulmonar de monóxido de carbono, avaliações e orientações nutricionais. Também haverá distribuição de materiais educativos.

Para os alunos da Escola Municipal Osvaldo Arns, no Tatuquara, produzir material para a exposição foi tarefa fácil. Os 1.010 meninos e meninas matriculados nas turmas de pré a 4ª série participam de um projeto sobre drogadição, desenvolvido pelas professoras Elza Leite Gonçalves dos Santos e Thaís Cristina Furlon, a partir do projeto Escola e Universidade, da Secretaria Municipal da Educação.

Depois de lerem e produzirem textos sobre o tabagismo, abordando os problemas que o fumo traz à saúde e a poluição causada pelas indústrias de cigarro, os alunos desenharam em cartolina o que pensam sobre o assunto. “É muito difícil parar de fumar por isso o importante é nunca começar”, disse Cricyane Hermógenes da Silva, 10 anos.

Para a professora Elza Gonçalves dos Santos Correia, sensibilizar e orientar as crianças sobre o tema é a melhor forma de prevenção, na tentativa de evitar que elas se tornem adultos consumidores de cigarro. “Ao invés de simplesmente falar sobre as doenças que o tabaco pode causar, trabalhamos com o lado positivo, mostrando os benefícios das pessoas que não fumam”, explica a professora.

Prevenção

A Prefeitura de Curitiba desenvolve desde 2000 ações do programa Ambiente de Trabalho Livre de Cigarro para promover ações de sensibilização, educação, prevenção e controle do tabagismo e poluição tabagística entre os servidores municipais.

Em 2002, os resultados positivos do programa fizeram com que a Prefeitura de Curitiba recebesse o prêmio de “Empresa de Destaque do Ano de 2002, pelo Controle do Tabagismo”, concedido Instituto Nacional do Câncer (INCA) e Ministério da Saúde.

Neste mesmo ano, a Secretaria Municipal da Educação implantou o programa, por meio da campanha “Escola Sem Cigarro”. Dois anos depois foi a vez dos centros municipais de educação infantil (CMEIS) implantarem o programa.

A Unidade de Saúde Vila Hauer oferece, desde janeiro deste ano, tratamento médico para fumantes interessados em livrar-se do vício. Em cinco meses, 60 pessoas procuraram o tratamento. O serviço foi implantado a partir dos bons resultados obtidos na Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho, pioneira na cidade neste tipo de atendimento.

O combate ao tabagismo vem ganhando força em Curitiba. Na gestão Beto Richa, foram ampliadas as campanhas de sensibilização junto à população em geral e aos próprios servidores municipais. Cresceu também o número de espaços públicos considerados como ambientes livres do cigarro.

A expectativa é que o número de atendimentos na Unidade de Saúde Vila Hauer aumente gradativamente, à medida que a comunidade fique sabendo da existência do serviço. Foi o que ocorreu na US Ouvidor Pardinho, onde há três anos começou o atendimento específico a fumantes, com medicamentos, orientação, acompanhamento médico e abordagem intensiva em ambulatório.

Desde então, 1.500 pessoas procuraram a unidade e cerca de 600 fizeram o tratamento, com um índice de recuperação de 40%. “A sociedade precisa se habituar a ter uma vida mais saudável. Parar de fumar é cessar uma rede de doenças, o que significa uma vida prolongada e mais saudável”, afirma o pneumologista Paulo Sandoval, da Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2