Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Serviço oferece gratuitamente adesivos e chicletes de nicotina (24/5/2006)
ACTBR

Fonte: http://www.abn.com.br/editorias1.php?id=33426

CURITIBA - A decisão de parar de fumar exige mudanças de comportamento, alteração de hábitos e terapia, muitas vezes com medicamentos. A Prefeitura oferece gratuitamente adesivos que nas farmácias custam em média R$ 45,00 o pacote com sete unidades; e chicletes de nicotina que custam em torno de R$ 35,00, com 30 unidades. A última etapa do tratamento consiste na participação das reuniões, uma vez por mês, durante um ano.

A fisioterapeuta Eliane Fortes destaca que o índice de 40% de recuperação é bastante positivo. "O resultado é positivo, porque é preciso lembrar a dificuldade que as pessoas enfrentam no seu dia-a-dia, quando convivem com fumantes em seus ambientes de trabalho, por exemplo". Atuar na prevenção e na educação, diz ela, é tão importante quanto o tratamento.

A participação nos grupos de dependentes do tabaco atendidos pela Secretaria da Saúde na Unidade começa com entrevistas e avaliação física e psicológica. Depois da entrevista, o dependente do tabaco é inscrito numa lista de espera e participa de reuniões semanais, de 1h30 de duração, durante um ano.

Ambientes - Além do tratamento oferecido nas duas unidades, a Secretaria Municipal da Saúde desenvolve também programas de combate ao tabaco em parceria com empresas públicas e privadas oferecendo orientação na implantação de ambientes livres de cigarro.

Através de palestras e informativos, as empresas destinam lugares específicos nas instituições para os fumantes. A meta do programa é monitorar os locais certificados como Ambiente Livre de Cigarro e estimular os fumantes que desejam abandonar vício.

"A estratégia é estender o programa de combate ao tabagismo a diferentes ambientes da sociedade, incentivando uma vida mais saudável, principalmente nos ambientes de trabalho onde as pessoas passam maior parte do tempo", explica o coordenador do programa, João Alberto Lopes Rodrigues.

O resultado, afirma, tem sido positivo e a parceria da secretaria inclui material com informações sobre efeitos do cigarro e apoio para os trabalhadores fumantes que querem deixar o vício. Já são ambientes livres de cigarro as unidades municipais de saúde, as creches e escolas, o prédio central da Prefeitura de Curitiba e várias secretarias municipais. O Programa treina profissionais para atender os grupos de fumantes e ampliar o atendimento nas Unidades de Saúde Ouvidor Pardinho e Vila Hauer.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2