Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Porto Alegre concentra maior população fumante do País (8/2/2006)
ACTBR

Fonte: Agência Brasileira de Notícias
18/01/2006 03:13

http://www.abn.com.br/noticias1.php?id=30071

Pesquisa inédita realizada pela Pfizer mostra dados regionais e nacionais relacionados ao fumo

Porto Alegre é a cidade que proporcionalmente tem a maior população de fumantes no Brasil. Cerca de 48% dos adultos são tabagistas, contra a média de 30% no País.

Quando perguntados se estão decididos a adotar algum tratamento para abandonar o vício, 35% dos habitantes da capital gaúcha afirmam que sim, número maior do que os 24% no Rio de Janeiro, mas muito abaixo dos 59% em Brasília. Entre os médicos, o tabagismo já é reconhecido como doença e o fumante é considerado um dependente químico que deve ser tratado.

Os dados são de uma pesquisa inédita encomendada pela Pfizer. O dr José Miguel Chatkin, professor titular de Pneumologia da faculdade de medicina da PUC-RS de Porto Alegre, ressalta que uma das conseqüências dessa alta taxa de fumantes é que o estado do Rio Grande do Sul é o que registra as maiores incidências de doenças relacionadas ao tabaco, entre elas o câncer de pulmão. Sobre a alta prevalência, Chatkin acredita que esse fato pode estar relacionado à presença forte de companhias tabageiras na região.

O estudo aponta ainda que é muito baixo o índice de pessoas que adotam tratamento para parar de fumar. Na mostra nacional, cerca de 44% dos entrevistados responderam que não seguem nenhum procedimento específico para parar de fumar, 32% afirmaram que tentaram usando a própria força de vontade e apenas 6% usam medicamentos, como goma de mascar de nicotina ou antidepressivos.

Entre as principais conclusões do estudo destaca-se o alto número de pessoas que querem parar de fumar (93%) e que 88% dos fumantes já fizeram ao menos uma tentativa frustrada de parar. Há ainda uma tendência no aumento da intenção em parar de fumar à medida que a pessoa envelhece.

A pesquisa confirmou também que é muito difícil parar, os fumantes geralmente têm sucesso a partir da quarta tentativa. Como principais motivações, estão a preocupação com a saúde e o desejo de acabar com a dependência.

A mostra da pesquisa é nacional e foi realizada no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Salvador, além de Porto Alegre, com pessoas entre 18 e 65 anos de idade, das classes A e B.

Tratamento - A partir de 2007 os fumantes poderão contar com novo medicamento que os auxiliará a parar de fumar. Trata-se da vareniclina. O medicamento deve inaugurar uma nova classe terapêutica, a dos agonistas parciais e seletivos de nicotina. De dupla ação, a vareniclina atua no receptor da nicotina, o que faz com que o fumante tenha menor vontade de fumar e, ao mesmo tempo, diminui a sensação de prazer, caso ele fume.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2