Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Negócios de Bares/Restaurantes sobem 12% em Nova York (31/1/2004)
Por Um Mundo Sem Tabaco

Negócios de Bares/Restaurantes sobem 12% na Nova York livre de fumaça de tabaco

10 mil novos trabalhos criados na indústria de entretenimento

 

Indústria do Tabaco alegava que legislação de espaços de trabalho livres de fumo prejudicaria os negócios, mas os impostos das receitas provam o contrário.

 

NEW YORK - 06/01/04... A lei de locais de trabalho livres de fumo da cidade de Nova York entrou em vigor em março, e os negócios estão pipocando. De acordo com a Comissária de Finanças, Martha Stark, “os bares e restaurantes de Nova York pagam à cidade 12% mais em impostos sobre os negócios desde que a lei entrou em vigor, em comparação com o mesmo período de 2002”.

 

De abril a setembro de 2003 (os últimos dados disponíveis), o departamento coletou US$ 12 milhões em impostos de negócios de bares e restaurantes, mais que os US$ 10.8 milhões do mesmo período de 2002.

 

“Embora estas estatísticas estejam longe da importância que tem o número de vidas que serão salvas, são um bom indício de que os novaiorquinos estão se ajustando bem à proibição do tabagismo”, acrescenta Stark.

 

 Além do aumento da receita, quase 10 mil novos empregos foram criados na indústria do entretenimento, de acordo com o Departamento de Trabalho do Estado de Nova York.

 

A situação em Nova York é semelhante à situação de outros lugares, segundo Joe Cherner, fundador do grupo BREATHE - Bar and Restaurant Employees Advocating Together for a Healthy Environment (Empregados de Bares e Restaurantes Atuando Juntos por um Ambiente Saudável. Em inglês, breathe significa respirar). “Todo estudo revisto usando dados de impostos sobre vendas mostram que o ar limpo é bom para a saúde E bom para os negócios”, diz Cherner.

 

“É normal que alguns restaurantes e bares percam dinheiro ou saiam do negócio. Não tem nada a ver com a provisão de ar limpo. Os negócios de bares e restaurantes têm um mudança muito alta. Um bar ou club que estava na moda no ano passado pode estar fora de moda este ano”.

 

De acordo com a Pesquisa Zagat, 91 restaurantes fecharam desde que a lei de ambientes de trabalho livres de fumo entrou em vigor. Mas 174 restaurantes abriram e mais inaugurações estão agendadas, de acordo com Zagat.

 

A Califórnia se tornou o primeiro estado com locais de trabalho livres de fumo em 1995. Desde então, Delaware, Nova York, Connecticut, Maine e Massachussetts aprovaram a mesma legislação. Espera-se que o número de estados americanos a adotarem a lei cresça em 2004.

 

“A indústria do tabalho adora ir à mídia falar que os negócios estão perdendo dinheiro”, acrescenta Cherner. “Mas a verdade é que para cada perdedor, há dois ganhadores”.

 

Se você não vive em Nova York, pode mandar uma carta de apoio à legislação de espaços de trabalho livres de fumo da onde você mora, acessando www.smokefree.net/alerts.php

 

 

Para acessar os arquivos do JoeCherner-announce vá para:

http://smokefree.net/JoeCherner-annoounce/messages
 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2