Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Canadá deve perder etapa da F-1 em 2004 (5/11/2003)
Por Um Mundo Sem Tabaco

Por EsporteBizz - 04/11/03

Proibição de propaganda tabagista geraria prejuízo de US$ 20 milhões

De acordo com o jornal canadense "La Presse", os organizadores do GP do Canadá de F-1, cuja edição de 2004 está marcada para o dia 13 de junho, não conseguiram uma solução financeira para viabilizar a prova e o país não deverá receber uma etapa do próximo Mundial.

Como a propaganda tabagista está proibida no país, cinco das escuderias da F-1 (Ferrari, McLaren, BAR, Renault e Jordan) não poderiam estampar os logotipos de seus principais patrocinadores. Isto acarretaria em prejuízos financeiros de aproximadamente US$ 20 milhões para as equipes.

A realização da prova estava condicionada ao levantamento de uma quantia que compensasse os times e a cervejaria canadense Molson negociava com os organizadores da corrida o pagamento desta quantia. No entanto, segundo o "La Presse", as negociações fracassaram.

Se confirmada a saída do Canadá do calendário, o Mundial de F-1 de 2004 passaria a ter 17 provas. Dois países, Bahrein e China, irão receber uma etapa da categoria pela primeira vez no ano que vem.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2