Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Universidade de São Paulo proíbe alunos de fumar em prédios do Campus (21/10/2004)
Gazeta Digital, em 12/10/04

 

12/10/2004
Universidade de São Paulo proíbe alunos de fumar em prédios do Campus


Acender um cigarro depois da aula, dentro do prédio da faculdade? Na Universidade de São Paulo - USP, esse hábito não será mais permitido. A prefeitura do campus decidiu, na semana passada, cumprir a lei que proíbe o fumo em espaços fechados coletivos, sejam públicos ou privados.

Cartazes estão sendo espalhados pelo campus e haverá uma reunião com os departamentos sobre a medida. "A lei 9.294/96 é bem clara e inclui repartições públicas e espaços de aula. Pretendemos cumpri-la aqui na USP", explica o prefeito do campus, Wanderley Messias da Costa.

O prefeito afirma que não pretende, ao menos por enquanto, criar fumódromos. "A lei não nos obriga a isso", diz.

De acordo com o prefeito, a segunda etapa da campanha prevê tratamento gratuito para quem quiser parar de fumar, nos moldes do programa que a universidade já tem para dependentes de álcool. "O Grupo de Estudos de Álcool e Drogas vai nos ajudar a oferecer esse tratamento.

Com a decisão, a USP será uma das poucas universidades a proibir o fumo dentro dos prédios, apesar da determinação legal. Ao contrário do que ocorre em restaurantes, cinemas e teatros, onde a lei é mais respeitada, nas instituições de ensino o cigarro ainda é permitido. A reportagem percorreu na última semana cinco grandes faculdades de São Paulo e observou alunos e funcionários fumando.


Fonte: Gazeta Digital e site www.einstein.br/alcooledrogas

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2