Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Governadores cancelam reunião das fumageiras (11/8/2008)
Gazeta do Sul - Dejair Machado e Igor Müller

http://www.gazetadosul.com.br/default.php?arquivo=_noticia.php&intIdConteudo=99749&intIdEdicao=1544

Data: 10/08/2008

Uma das estratégias apresentadas pela governadora Yeda Crusius para resolver o impasse em torno das indústrias do fumo seria reunir os membros do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), formado por Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. A previsão era de que o assunto fosse tratado nessa sexta-feira, entretanto a audiência foi transferida para depois das eleições. Esta indefinição voltou a deixar o setor fumageiro apreensivo e passaram a ser cobradas providências.

O encontro de governadores é apontado como a primeira ação para evitar a transferência de empresas e estancar a geração dos créditos correspondentes ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Nele Yeda pretende buscar apoio político e encontrar uma alternativa para a crise que afeta as indústrias. Ela revelou na quinta-feira que vai pautar o debate em torno desta questão.

A secretária assistente do Codesul no Estado, Eliana Cunha, disse que poderá ser marcada uma nova audiência extraordinária, mas até a tarde dessa sexta-feira não havia sido feito o pedido. “Vai depender da agenda dos governadores. Como surgiram compromissos em torno das discussões salariais do magistério, a reunião foi desmarcada”, disse. Em Santa Catarina, o secretário do Codesul, Amauri Cantú, revelou que o tema ainda não começou a ser discutido no Estado.

O presidente do Sindicato da Indústria do Fumo (Sindifumo), Iro Schunke, frisou que é necessário manter a mobilização e pediu empenho do governo gaúcho. “Esperamos que realmente seja feito esse contato com Santa Catarina porque a situação está cada vez mais complicada. Vimos que existe boa vontade, mas são necessárias ações práticas.”

MAIS MOBILIZAÇÃO

A falta de uma definição quanto à reunião dos governadores fez com que líderes do Vale do Rio Pardo se mantivessem mobilizados. A prefeita de Santa Cruz, Helena Hermany, marcou para as 10 horas de terça-feira uma nova reunião com os líderes regionais para tratar do assunto. Ela, que está coordenando o movimento pró-fumageiras no Vale do Rio Pardo, afirmou que é necessário manter uma constante posição de cobrança ao governo do Estado. Na última terça-feira Helena já havia marcado uma reunião com políticos, prefeitos e representantes de entidades empresariais.

Agora o objetivo é encontrar uma solução para o impasse que vem surgindo e reforçar a ameaça de prejuízos econômicos e sociais nos municípios onde estão instaladas as fumageiras, sobretudo Santa Cruz e Venâncio Aires.
 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2