Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

OMS adverte à China que cigarro com baixo teor de alcatrão também é letal (21/1/2008)
Fabiana Fregona

fonte:uol

http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2008/01/18/ult1766u25506.jhtm

18/01/2008 - 13h23

Pequim, 18 jan (EFE).- A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta sexta-feira que os cigarros com baixo teor de alcatrão são tão prejudiciais à saúde quanto os comuns, em resposta a um anúncio do Governo chinês que destaca que o nível de alcatrão em seus cigarros foi reduzido em 2007.

"Todos os produtos do tabaco, inclusive os cigarros com baixo teor de alcatrão, são mortíferos", afirma em comunicado o representante da OMS na China, Hans Troedsson, que acrescenta: "Simplesmente não existe nenhum produto do tabaco que seja seguro".

A OMS se refere a um artigo publicado na quarta-feira no jornal "China Daily", por parte da Administração Estatal do Monopólio do Tabaco na China, que garante que o conteúdo de alcatrão dos cigarros diminuiu em 2007.

"A quantidade de alcatrão nas marcas de cigarros chineses foi reduzida em 2007 para 13,2 miligramas por unidade", disse Zhang Xiulian, um porta-voz da instituição. Em 2004 o volume era de 13,6 miligramas.

O conteúdo máximo de alcatrão por unidade foi registrado nos anos 70, com 30 miligramas.

A indústria de tabaco chinesa gerou em 2007 lucro de US$ 53,6 bilhões, de acordo com a Administração.

O Governo garante que o valor é inferior ao investimento feito em campanhas de controle e prevenção do uso de tabaco, enquanto a OMS afirma exatamente o contrário.

A China é o maior produtor e consumidor de tabaco no mundo.

Segundo o Ministério da Saúde, no país há mais de 350 milhões de fumantes e cerca de um milhão de pessoas morrem todos os anos por causa de doenças relacionadas ao tabaco, número que pode subir para 2,2 milhões em 2020, de acordo com a OMS.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2