Artigos
Dados
Fatos em Destaque
Pesquisas
Publicações
Notícias
Rede DCNT

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Alimentos orgânicos são mais nutritivos (15/7/2014)
Veja online

http://veja.abril.com.br/noticia/saude/estudo-sugere-que-alimentos-organicos-sao-mais-nutritivos

Estudo sugere que alimentos orgânicos são mais nutritivos

Comunidade científica, porém, ainda não está convencida de que esses produtos são mais benéficos à saúde do que os convencionais

Um extenso estudo feito na Grã-Bretanha concluiu que alimentos orgânicos contêm mais antioxidantes, compostos associados a diversos benefícios à saúde, do que alimentos comuns, além de níveis menores de pesticidas.

Segundo os pesquisadores, substituir vegetais comuns por orgânicos surte o mesmo efeito que passar a comer entre uma e duas porções a mais de frutas e verduras todos os dias. Atualmente, os médicos recomendam que a ingestão de cinco porções desses alimentos diariamente.


Embora os vegetais orgânicos sejam vendidos como uma fonte mais saudável de alimentação, muitos especialistas questionam se esses alimentos de fato são mais nutritivos. Uma pesquisa da Universidade Stanford, nos Estados Unidos, divulgada em 2012, por exemplo, analisou mais de 200 estudos sobre o assunto e encontrou poucas evidências sobre os efeitos positivos dos alimentos orgânicos na saúde.

O novo estudo, feito na Universidade de Newcastle, revisou 343 pesquisas feitas em todo o mundo sobre alimentos orgânicos. Segundo as conclusões, há diferenças significativas entre os níveis de certos antioxidantes, como os polifenois, presentes nos alimentos comuns e nos orgânicos — a variação que pode ser de 19% a 69%.

Os vegetais produzem grande parte de seus antioxidantes quando lutam contra o ataque de pragas. Portanto, é possível que eles apresentem maiores níveis dessas substâncias porque não são resguardados pelos pesticidas. Em humanos, os antioxidantes protegem as células do organismo contra os danos causados por radicais livres. Por isso, desaceleram o envelhecimento e podem prevenir doenças degenerativas, como o câncer.

Por outro lado, a pesquisa também indicou que alimentos orgânicos apresentam, no geral, menores níveis de proteína. O trabalho completo será publicado no periódico British Journal of Nutrition na próxima semana.

Contraponto — Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, Tom Sanders, chefe do setor de diabetes e nutrição do King’s College London, classificou o estudo como "enganador". Segundo ele, os níveis de antioxidantes nos vegetais não são necessariamente relevantes em termos nutricionais.

"Eu não estou convencido", disse Sanders. "Você não estará mais bem nutrido se passar a ingerir alimentos orgânicos. O mais importante não é se você come comidas convencionais ou orgânicas, mas simplesmente se você come frutas e verduras."

Já o coordenador do Programa de Alimentação e Saúde do Instituto de Pesquisa em Alimentos disse à rede britânica BBC que ainda não há evidências científicas fortes mostrando que os orgânicos tenham qualquer consequência, boa ou ruim, à saúde pública.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Higher antioxidant and lower cadmium concentrations and lower incidence of pesticide residues in organically grown crops: a systematic literature review and meta-analyses

Onde foi divulgada: Periódico British Journal of Nutrition

Quem fez: Carlo Leifert; Dominika Srednicka-Tober Nikos Volakakis; e outros

Instituição: Universidade de Newcastle, na Grã-Bretanha

Resultado: Vegetais orgânicos contêm entre 19% e 69% mais antioxidantes do que os alimentos convencionais, porém, apresentam menos proteína.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2