A ACT
  Plataforma
  Visão, Missão e Valores
  Equipe
Blog
Colabore
Doação
Identidade Visual
Parceiros
Parecer Fiscal
Prêmios
Projeto Cultural
ACT Treinamento
Rede ACT
   

 

 
 

 
Principal > Institucional > Colabore

colabore

O que você pode fazer para colaborar com o controle do tabagismo:

  • Ser um(a) cidadã(o) ativo(a) e contribuir para que as leis relevantes sobre o tema sejam aperfeiçoadas, cumpridas e fiscalizadas
  • Escrever cartas aos jornais e revistas e falar com jornalistas e editores sobre o cigarro, apoiando e elogiando matérias ou sugerindo temas que tratem do assunto
  • Influenciar celebridades a promoverem mensagens sobre controle do uso do tabaco e convencê-las a não usarem o tabaco em suas apresentações públicas.
  • Se você atua em alguma organização da sociedade civil insira o tema controle do tabaco em sua agenda de atuação a partir do tema que tenha interface com o trabalho que você já desenvolve.
  • Registrar, por escrito e fotos, atividades que promovem o uso do tabaco e que violam as leis nacionais vigentes e relatá-las às autoridades governamentais competentes e para a imprensa
  • Entrar em contato com as organizações para o controle do tabaco e verificar a possibilidade de trabalhar nestas ações: distribuindo panfletos, adesivos, servindo como voluntário nos eventos, etc
  • Visitar e pesquisar sites que tratam do tema para coletar informações e idéias
  • Escrever cartas e/ou falar com proprietários de bares e restaurantes, gerentes, diretores de escolas e outros a respeito de criar mais lojas, estabelecimentos, escolas, faculdades, cursos, universidades e outros ambientes onde não se fume.
  • Sempre que possível, freqüentar lugares públicos livres de fumo (como restaurantes) ou, pelo menos, locais que dispõem de uma área própria para fumantes e que seja devidamente isolada e na área externa. Faça com que o gerente ou proprietário saiba que você escolheu aquele estabelecimento em parte porque é livre do fumo.
  • Se você é médico ou profissional da área de saúde, adote a prática de perguntar ao seu paciente se este fuma e encoraje-o a deixar de fumar. Se seu paciente não for fumante, parabenize-o de forma efusiva! Certifique-se que a instituição para qual você trabalha seja um ambiente livre de fumo , para que possa servir como exemplo.
  • Fazer das suas reuniões de trabalho ou pessoais encontros onde não se fume em áreas internas.
  • Procurar fazer seus eventos em locais onde não se fume. Solicitar aos hotéis, restaurantes e outros locais usados por sua organização para que se tornem ambientes fechados livres do fumo.
  • Integrar o tópico tabaco em atividades de datas comemorativas. Por exemplo, no Dia Internacional da Mulher destaque os danos causados às mulheres pelo fumo ou as estratégias da indústria do tabaco para atingir as mulheres.
  • Pedir às pessoas que assinem petições a favor de medidas de controle do tabagismo.
  • Estimular outras organizações a não aceitarem o patrocínio de empresas produtoras de cigarros e outros produtos de tabaco nos seus eventos, programas e conferências.
  • Nunca aceitar dinheiro ou faça parcerias com empresas de tabaco ou de suas subsidiárias.
  • Nunca tratar fumantes como inimigos. Compreenda que o tabagismo gera dependência química e psicológica. Fumantes podem precisar de tratamento para parar de fumar. Os usuários de tabaco são as vítimas das estratégias das empresas de tabaco para vender seu produto, perdem saúde e dinheiro para tornar os executivos das indústrias mais ricos.
  • Conversar com seus colegas sobre a possibilidade de não fumar no local de trabalho para evitar que os não fumantes fiquem expostos à fumaça
  • Convencer o empregador que ele só tem a ganhar com um ambiente mais limpo e mais seguro, e empregados mais saudáveis e produtivos.
  • Encorajar seus parentes, amigos e colegas a parar de fumar e apoiá-los neste processo.
  • Pedir às pessoas ao seu redor para não fumarem
  • Transformar sua casa num lugar onde não se fuma. Livre-se de cinzeiros e, gentilmente, solicite aos seus visitantes que fumem fora de sua casa.
  • Fazer parte de ONGs ligadas ao Controle do tabaco, como a ACT. Veja como participar.
 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2