Ações Judiciais
Convenção-Quadro
Denuncias
Direitos Humanos
Economia
Estratégias da Indústria
Fumo Passivo
Jovens
Gênero
Histórico
Legislação
Números
Poluição Tabagística
Saúde
Sócio-Ambiental
Tratamento
  Locais de Tratamento

 

 
 

 
Principal > Tabagismo > Saúde

Saúde

O tabagismo ativo é considerado a principal causa de morte potencialmente evitável em seres humanos. Na composição de produtos fumígenos existem diversas substâncias tóxicas e muitas delas cancerígenas.

Na experimentação, onde se dá o primeiro contato com o fumo, é freqüente a percepção de mal-estar, tontura, tosse, causados pelas substâncias irritativas presentes em cigarros e na fumaça de tabaco. Com a persistência no uso se desenvolve a tolerância e também a dependência ao cigarro.

A nicotina é uma droga psicoativa que atinge o cérebro em oito segundos após a primeira tragada. Ela é a grande responsável pela dependência, pois age sobre o sistema nervoso central e produz prazer, o que induz ao consumo e à perpetuação do ato de fumar.

Fatores psicológicos e sociais também são importantes neste processo, contribuindo para a complexidade e intensidade do quadro de dependência. Assim, com o uso regular de cigarros, estabelece-se um condicionamento que faz com que a pessoa passe a ter o fumo integrado à sua rotina. Além disso, o cigarro é também utilizado como um tipo de modulador de emoções, o que faz com que seu uso se amplie significativamente e não esteja associado apenas à necessidade fisiológica de reposição periódica da droga.

Daí a dificuldade que muitos fumantes têm ao parar de fumar. Além de enfrentarem sintomas de abstinência, precisam aprender a viver sem o cigarro, em geral após anos de tabagismo.

Apesar de ser um desafio, a cessação é determinante para a saúde do fumante. Existem dezenas de doenças tabaco-relacionadas, ou seja, causadas ou agravadas pelo fumo, e muitas delas são letais.

  • 90% dos casos de câncer de pulmão ocorrem em tabagistas
  • Doenças como infarto do miocárdio e AVC (derrame), que lideram estatísticas como principais causas de morte, são diretamente afetadas pelo tabagismo

Justificam-se portanto os esforços em desenvolver medidas de apoio à cessação do tabagismo. Aliados à determinação pessoal, os tratamentos hoje disponíveis (combinando medidas farmacológicas e não-farmacológicas) podem contribuir para o abandono definitivo do cigarro.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2