Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Cigarro da Philip Morris já está até 6,6% mais caro (16/9/2008)
Diário de SP

http://oglobo.globo.com/economia/seubolso/mat/2008/09/15/cigarro_da_philip_morris_ja_esta_ate_6_6_mais_caro-548238550.asp

SÃO PAULO - A Philip Morris, fabricante de marcas como Malboro e L&M, reajustou, na segunda-feira, o preço dos cigarros em todo o estado de São Paulo. Fumar vai ficar até 6,6% mais caro para os consumidores do Dallas, Shelton e Fortuna - o preço foi de R$ 2,25 para R$ 2,40. Já o Parliament não teve alterações no custo.


A concorrente Souza Cruz (Free, Camel e Luck Strike) também mexeu na tabela recentemente, dia 18 de agosto. Em todo o país, o reajuste médio foi de 6%. O Camel, por exemplo, passou a ser vendido por R$ 3,40 - anteriormente saía por R$ 3,25. Já o Charm Box de R$ 4,75 por R$ 5.


Entre os produtos da Philip Morris, o maço do Malboro ficou por R$ 3, contra os R$ 2,90 anteriores. Os mais caros são o Benson & Hedges e o Chanceller, que passaram de R$ 4,50 para os atuais R$ 4,75. As novas tabelas já foram entregues nos estabelecimentos.


Segundo a Organização Mundial de Saúde, existem 1,3 bilhão de fumantes no mundo, que consomem 15 bilhões de cigarros todos os dias, ou dez milhões a cada minuto

 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2