Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Pela primeira vez, câncer diminui nos Estados Unidos (27/11/2008)
Revista Época

A queda do número de novos casos é inédita, segundo relatório anual de diversas instituições americanas

REDAÇÃO ÉPOCA

 

Menos pessoas tiveram câncer nos EUA em 2008

A taxa de incidência de novos casos de câncer teve queda nos Estados Unidos pela primeira vez desde que estatísticas sobre o assunto começaram a ser feitas. A constatação é fruto do relatório anual realizado por uma parceria entre a Sociedade Americana de Câncer, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças e Prevenção e o Instituto Nacional do Câncer. A redução foi pequena, de 0,8%, mas significativa. Entre os homens, a diminuição foi maior: foram 1,8% menos casos diagnosticados. Entre as mulheres, a queda foi de 0,6%.

Os principais motivos para o menor número de novos casos são a prevenção à doença e os avanços tecnológicos que aprimoraram os exames e o diagnóstico do pré-câncer. O tipo de câncer com maior redução de novos casos é o de pulmão, uma forma da doença muito ligada ao tabagismo. Entre 1997 e 2007, a porcentagem de fumantes na população adulta americana caiu de 24,7% para 20%, segundo dados do Centro para Controle e Prevenção de Doenças.

O relatório mostrou que a incidência do câncer de pulmão está diretamente relacionada com a existência de impostos sobre o cigarro e de leis de proibição ao fumo em lugares públicos.

 

Estados com restrições ao tabaco têm as menores taxas de câncer de pulmão

A Califórnia, que foi o primeiro estado a adotar políticas anti-tabaco, tem o maior declínio da taxa de mortalidade em decorrência do câncer de pulmão, -2,8% ao ano, quase o dobro do observado em estados como Kentucky.

A diminuição do diagnóstico de novos casos de câncer é algo inédito, mas a taxa de mortalidade em decorrência da doença continua em queda, segundo o relatório. Desde 1990, menos pessoas morrem por causa dos quinze tipos mais freqüentes de câncer. A redução do número de mortes dá-se principalmente em função dos avanços no tratamento e do diagnóstico precoce.

 

 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2