Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Imposto pode fazer 14 mi de fumantes largar hábito (17/12/2008)
Terra

Cerca de 13,7 milhões de fumantes chineses provavelmente deixariam os cigarros se os impostos de tabaco aumentassem, apontou um relatório da Associação Chinesa para o Controle de Tabaco (CATC, sigla em inglês).

O estudo da CATC, divulgado na edição da terça-feira do jornal Beijing News, sugeriu aumentar a taxa de imposto por cerca de 11 pontos percentuais, para 51% do preço de varejo.

A taxa média do cigarro varia de 65% a 70% do preço varejista no âmbito internacional, de acordo com o relatório "O Imposto de Tabaco e o seu Impacto Potencial na China", onde se registrou que a medida poderia ajudar a salvar pelo menos 3,4 milhões de vidas.

Os impostos mais altos também significam que o governo poderia recolher cerca de 64,9 bilhões de yuans (cerca de US$ 9,5 bilhões) a mais, apontou o documento produzido juntamente por especialistas da Administração Geral de Impostos do Estado e da Universidade de Califórnia, Berkeley.

Há cerca de 350 milhões de fumantes na China, quase 36% da população com mais de 15 anos de idade. Cerca de um milhão de pessoas morrem anualmente vítimas das doenças provocadas por fumar, declarou o relatório.

A CATC sugeriu que a taxa de imposto seja aumentada gradualmente para mais de 60% do preço de cigarro vendido no varejo.

Agência Xinhua

 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2