Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Estudo aponta falhas na lei que proíbe venda de cigarro para menores de 18 anos (1/12/2005)
ACTBR

Fonte: Diario de Natal
Natal, 01 de Dezembro de 2005 - 14:24
 
Existem falhas no cumprimento da lei que proíbe a venda de cigarros a menores de 18 anos, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Dos entrevistados, 44% dos estudantes entre 13 e 15 anos compram o artigo em lojas e 88% deles nunca foram impedidos de adquiri-lo por causa da idade.

A pesquisa com estudantes dessa faixa etária faz parte do Sistema de Vigilância de Tabagismo em Escolares, promovido pela Organização Mundial de Saúde, pela Organização Pan-americana de Saúde e pelo Center for Disease Control and Prevention (Centro para Prevenção e Controle de Doenças), dos Estados Unidos.

Liz Almeida, chefe de epidemiologia do Inca, disse que "é interessante notar que no Rio de Janeiro, embora seja um local com grande concentração de campanhas contra o tabagismo, o acesso ao cigarro é muito facilitado. Talvez seja necessário desenvolver campanhas voltadas especificamente aos pais e aos lojistas".

Liz Almeida destacou a preocupação em torno do aumento do número de mulheres fumantes. Segundo ela, a dependência do tabaco no público feminino é mais grave. "As crianças de mães fumantes podem nascer com sérios prejuízos, como baixo peso e maior tendência a infecções respiratórias, entre elas asma e bronquite. Além disso, há maior risco de aborto. Também são maiores os riscos de câncer de pulmão em mulheres", afirmou a coordenadora da pesquisa.

Fonte: ABr
 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2