Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Após saída de fiscais, clientes voltam a fumar em bar de SP (9/8/2009)
Comunicação ACT

Fonte: Folha de S.Paulo
Cotidiano
09/08/09

De 287 locais fiscalizados entre o meio-dia de sexta e a madrugada de ontem pela vigilância, um foi multado

Impacientes com a fila para fumar na calçada, usuários acenderam cigarros na pista e no banheiro do Studio SP; seguranças tentaram coibir

RICARDO GALLO
DA REPORTAGEM LOCAL

Madrugada de ontem no Studio SP, clube de moderninhos na rua Augusta, região central de SP. Fiscais da lei antifumo circulam à procura de cigarros acesos. Não encontram nada.
Mas bastou o grupo sair do local para a fumaça começar. Os primeiros foram os que esperavam na grande fila para fumar na calçada. Impacientes com a demora, deram as costas para o público e, às escondidas, começaram a fumar.
Não tardou para os não fumantes reagirem. Olhavam feio para os fumantes e tentavam avisar funcionários. Houve quem ligasse para o 0800 criado pelo governo para denunciar infrações, mas o som alto impossibilitava ser ouvido.
A casa tentava coibir o fumo. Mas, como num jogo de gato e rato, os fumantes corriam para apagar os cigarros assim que os seguranças se aproximavam.
Menos no esfumaçado banheiro masculino, onde ao menos dez pessoas fumavam num espaço apertado. "Fumante também tem direito", disse um rapaz de 20 e poucos anos. Provavelmente avisada, uma funcionária interveio: "Gente, não pode fumar aqui. Banheiro não é fumódromo. É lei".
O grupo obedeceu. Apagou os cigarros, deixou o banheiro. Dez minutos depois, tudo voltou ao que era antes.
No palco, o ator André Frateschi, vocalista da banda Heroes, defendia o direito de fumar: "É uma lei fascista", disse ele, aplaudido por parte da plateia da casa noturna.
A Folha ligou no final da manhã de ontem para o Studio SP, mas ninguém atendeu.
De 287 locais fiscalizados entre o meio-dia de sexta e a madrugada de ontem pela Vigilância Sanitária, apenas um foi multado. Desde o início da vigilância da lei, 12 estabelecimentos foram multados.
Fiscais do Procon visitaram 300 estabelecimentos na madrugada de sábado e voltaram à boate Disco, que havia sido multada na noite anterior. Encontraram mais seguranças.
 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2