Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Hábito de fumar sai caro para a saúde e para o bolso (26/11/2009)
Gazeta do Povo

Um estudo desenvolvido pelo consultor financeiro e escritor Raphael Cordeiro indica que todo fumante poderia ter ficado rico se poupasse o dinheiro gasto em cigarros durante a vida.

Uma pessoa que fumou três carteiras por dia dos 18 aos 60 anos, por exemplo, poderia ter acumulado R$ 1,2 milhão se, em vez de comprar cigarros, tivesse aplicado o dinheiro recebendo juros de 8% ao ano.
De acordo com o levantamento, um homem que fuma uma carteira de cigarro ao dia poderia comprar um carro de luxo, como um Porsche Cayenne, e ainda sobraria dinheiro para a mulher fazer uma cirurgia plástica. Com o valor equivalente a duas carteiras por dia seria possível fazer 67 viagens para Paris com acompanhante.

No caso dos fumantes inveterados, que consomem três carteiras por dia, as benesses seriam ainda maiores: “Ele poderia comprar um apartamento de 600 metros quadrados em Curitiba ou gastar R$ 6 mil por mês, indefinidamente, durante a aposentadoria”, exemplifica Cordeiro.

Economia em não fumar
 

Os resultados podem ser ainda mais expressivos se forem levados em conta os custos com a saúde do fumante. Uma cartela com 30 comprimidos de um remédio para controle de pressão arterial custa em torno de R$ 40. Em cinco anos de tratamento, o valor despendido é de R$ 2,4 mil, apenas com um medicamento. Durante a vida de um fumante surgem ainda outros custos, como tratamentos dentários, que podem ultrapassar R$ 10 mil.

Mas quem passou uma vida fumando ainda tem como deixar de perder dinheiro: um tratamento completo para parar de fumar sai em torno de R$ 840 – valor irrisório se comparado ao custo de um enfarto, que é de R$ 20 mil, incluindo internação e medicamentos.

Leia mais na Gazeta do Povo
 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2