Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

O vício que nasce das telas (21/11/2005)
ACTBR

Fonte: Revista Época - Edição 392 21/11/2005

A cada cem adolescentes que acendem um cigarro pela primeira vez, 38 fazem isso depois de assistir a filmes nos quais os jovens protagonistas fumam. A conclusão partiu do primeiro estudo nacional realizado sobre o tema nos Estados Unidos. Mesmo depois de considerar outros fatores que influenciam a iniciação dos adolescentes (pais e amigos fumantes, por exemplo), os pesquisadores concluíram que os jovens mais expostos a cenas de tabagismo no cinema correm risco quase três vezes mais elevado de começar a fumar. O trabalho, financiado pelo Instituto Nacional do Câncer, foi publicado na revista científica Pediatrics. Durante a pesquisa, 6.500 adolescentes de 10 a 14 anos identificaram os filmes que tinham visto a partir de uma lista de 50 títulos lançados entre 1998 e 2000.

Os investigadores utilizaram também uma base de dados maior, com 532 títulos. Encontraram baforadas em 74% deles. Com base nos filmes a que assistiram e no nível de exposição ao tabagismo verificado em cada história, os voluntários foram divididos em quatro faixas de risco. "Descobrimos que quanto maior a exposição ao fumo nas telas, maior a ocorrência de vício entre os adolescentes", comenta James Sargent, professor da Dartmouth Medical School.

O estudo confirma as conclusões de um trabalho regional sobre o assunto publicado no British Medical Journal no ano passado. Os autores da pesquisa esperam que a indústria cinematográfica reduza por conta própria as cenas em que astros popularíssimos como Leonardo DiCaprio, Brad Pitt e Sandra Bullock aparecem fumando. Eles propõem também a criação de um selo para identificar os DVDs livres de cigarro.

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2