Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

IBGE:31,3% dos brasileiros têm doença crônica (6/2/2012)
Band

http://www.readpsiquiatria.com.br/ibge313-dos-brasileiros-tem-doenca-cronica.html

As doenças crônicas são um grave problema para a saúde pública do Brasil. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 59,5 milhões de pessoas (31,3% da população no Brasil) têm alguma doença crônica.

Os principais problemas identificados na pesquisa são: hipertensão (14%), problema de coluna ou costas (13,5%), artrite ou reumatismo (5,7%), bronquite ou asma (5%), depressão (4,1%), doença de coração (4%) e diabetes (3,6%) – em que o índice sobe para 8,1% entre as pessoas de 35 anos ou mais.
 

Nem todos, porém, conseguem identificar se são portadores de tais doenças e como lidar com elas.

Massimo Colombini Netto, médico especialista no gerenciamento de doentes crônicos, desvenda os mitos e verdades sobre as doenças crônicas:

1- Doenças crônicas são mais comuns em idosos.
Verdade. A terceira idade é a que mais apresenta doenças crônicas. No entanto, não há idade para desenvolver o problema. Crianças, jovens e adultos também estão suscetíveis.

2- É possível prevenir as doenças crônicas.
Verdade. Há diversos cuidados que podem ser adotados pela população para prevenir doenças crônicas, como praticar esportes, destinar períodos para o lazer, ter uma alimentação balanceada e ir ao médico periodicamente para fazer check-up.

3- Doença crônica tem cura.
Mito. As doenças crônicas não têm cura, é possível apenas controlá-las para ter uma vida mais saudável.

4- Alguns tipos de doenças crônicas não são transmissíveis.
Verdade. Hipertensão, diabetes, asma, problema de coluna, por exemplo, não são contagiosos.

5- Não existe doença crônica transmissível.
Mito. Alguns tipos de doenças crônicas, como AIDS e hepatite, por exemplo, são transmissíveis.

6- Atualmente, além do tratamento clínico, existem procedimentos que ajudam o paciente a ter o autocontrole da doença.
Verdade. Hoje muitos planos de saúde e empresas já oferecem a seus clientes e colaboradores os programas de prevenção e promoção da saúde. Por meio de contato telefônico com pacientes, avaliação de perfil e, a partir daí, instruções sobre como conviver com a doença, tais programas proporcionam melhora no quadro clínico e promovem bem-estar.

7- Programas de gerenciamento de doentes crônicos estimulam as mudanças de hábito.
Verdade. Os programas proporcionam diversos benefícios, estimulam mudanças de hábitos, incentivam a prática de atividades físicas e a adoção de uma alimentação saudável.

8- Os programas de prevenção e promoção de saúde eliminam o tratamento clínico.
Mito. Os programas são aliados ao tratamento clínico, têm como princípio estimular a adesão ao tratamento. Durante o contato telefônico, também são feitas recomendações referentes à importância de tomar os medicamentos corretamente e de ir às consultas, conforme orientação do médico.

9- O gerenciamento de doentes crônicos geram resultados positivos.
Verdade. Em 12 meses, uma média de 39% dos pacientes com quadro de hipertensão conseguem diminuir a pressão arterial, 13,6% dos diabéticos atenuam as taxas de açúcar no sangue e 9,6% dos pacientes com doenças cardiovasculares conseguem abrandar as taxas de colesterol.

Fonte: Band.com

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2