Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Brasil será exemplo global ao banir cigarro mentolado (12/3/2013)
Folha de S. Paulo

http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1244606-brasil-sera-exemplo-global-ao-banir-cigarro-mentolado.shtml

JOHANNA NUBLAT
DE BRASÍLIA

 

Quando banir o uso do mentol no cigarro, o Brasil vai superar políticas antitabagistas de países como os Estados Unidos e vai oferecer ao resto do mundo informações sobre os impactos desse veto.

Essa é a avaliação sobre a recente e polêmica medida adotada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) feita pelo especialista em saúde pública Michael Eriksen, 63, autor principal do "Atlas do Tabaco", publicação da Sociedade Americana do Câncer e da Fundação Mundial do Pulmão que mapeia o perfil do consumo do cigarro no mundo.

Na palestra que dará hoje, em evento da Fundação do Câncer, no Rio de Janeiro, Eriksen vai apresentar o cenário global do tabaco e abordar particularidades brasileiras.

  Daniel Marenco/Folhapress  
O
O especialista em saúde pública Michael Eriksen,63,em hotel no Rio de Janeiro

*

Folha - O sr. é um dos responsáveis por um raio-X do uso do tabaco no mundo. Como está o Brasil nesse tema?

Michael Eriksen - O Brasil é um líder mundial no controle do tabaco em muitos aspectos. E tem sido por pelo menos uma década, apesar de ter a segunda maior indústria de cultivo do tabaco. Não é [uma situação] perfeita, mas é uma luz brilhante na América Latina para o controle do tabaco.

Uma nova regra que quer banir o uso de aditivos ao fumo tem sido contestada pelo setor produtivo. Qual é sua avaliação sobre esse veto?

É extremamente importante. Os EUA também baniram os aditivos de sabor, mas deixaram o mentol. O mentol é o mais popular, é desproporcionalmente usado pelos afro-americanos e jovens.

Se o governo tivesse proposto banir o mentol, dificilmente a regra teria sido aprovada nos EUA. No meio da saúde pública, muitos ficaram desapontados por essa decisão.

O Brasil banir o mentol não só é algo que os EUA não conseguiram fazer, como oferece informações sobre o impacto da medida na quantidade de pessoas largando o cigarro. É muito importante que um país grande como o Brasil tome essa decisão, porque pode ter implicações globais.

Como foi o veto nos EUA?

Com exceção do mentol, os aditivos foram banidos dos cigarros por uma norma do FDA [agência regulatória americana] que entrou em vigor em 2009. Mas os aditivos de sabor continuam sendo usados em outros produtos derivados do tabaco, como o tabaco mascado e o narguilé.

E já se provou o efeito desse veto aos aditivos de sabor?

Que eu saiba, ainda não há estudos que avaliaram o impacto do banimento dos aditivos, mas é interessante perceber que a taxa de fumo entre adolescentes nos EUA atingiu o nível mais baixo.

Outro tema atual no Brasil é a lei que acabou com o fumo em ambientes fechados. Apesar de ter sido aprovada, ela não foi regulamentada pelo governo federal. Como é essa situação no contexto mundial?

Nos EUA, por exemplo, não há uma lei nacional sobre fumar em lugares públicos ou fechados. Todo o progresso ocorreu no nível das cidades ou dos Estados. Como resultado, provavelmente é o país mais livre de fumo do mundo. Estimamos que mais da metade da população americana viva em áreas onde não há fumo em locais fechados. Mas, na ausência de uma lei nacional, levou muito tempo para chegar a esse ponto.

No Brasil, também há iniciativas locais. Por diferentes motivos, às vezes esforços federais encontram dificuldades para conseguir aprovar uma lei ou regulamentação.

Por que é mais difícil no nível nacional? Há mais lobby?

Há muitas razões, essa é a primeira. Pelo menos segundo a experiência dos EUA, a indústria do tabaco foi mais eficaz em termos de lobby e de evitar que leis contra o tabaco fossem implementadas no nível federal.

A lição é: leis federais são ótimas se você conseguir ter uma forte. Mas, na ausência de uma --seja por um governo fraco, um sistema federativo fraco ou lobby do tabaco--, é importante preservar a habilidade das autoridades locais de ter e implementar leis.

 

 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2