Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Tabagismo custou 1,4 trilhão de dólares ao mundo em 2012 (2/2/2017)
Tobacco Control

Um novo estudo publicado pelo periódico Tobacco Control mostrou que o tabagismo foi responsável por quase 6% de todos os gastos com saúde no mundo em 2012. O estudo usou o método “Custo da Doença” (Cost of Illness) para estimar o custo econômico das doenças que podem ser atribuídas ao fumo. Nesse método, os custos econômicos incluem tanto “custos diretos” – ou gastos com saúde –, como tarifas hospitalares e despesas com equipamentos e remédios, quanto “custos indiretos”, que representam perdas de produtividade devidas a doenças ou morte. O método usa informações sobre gastos com saúde atribuídos ao tabagismo, que estão disponíveis para 42 países, para estimar uma relação básica entre as mortes causadas pelo fumo e os custos associados a elas. Então, essa estimativa é aplicada a um total de 152 países, cujos dados necessários estão acessíveis e que juntos reúnem 97% dos fumantes do mundo.

 

 

Principais descobertas

 

·       Em 2012, doenças causadas pelo fumo foram a causa de 12% de todas as mortes (2,1 milhões) de pessoas com idade entre 30 e 69 anos.

- Mais de 68% das mortes atribuídas ao fumo ocorreram em países de renda média ou baixa.

·       O custo total com saúde atribuído a doenças causadas pelo tabagismo foi de 422 bilhões de dólares em 2012, ou 5,7% de todos os gastos com saúde no mundo.

- Essa proporção foi maior em países de renda alta, nas Américas e na Europa.

- Na Europa, a proporção maior foi encontrada na Europa Oriental, onde o tabagismo foi responsável por 10% do total de gastos com saúde.

·       O custo econômico global total (gastos com saúde somados com a produtividade perdida) foi de 1,43 trilhão de dólares em 2012. Esse valor equivale a 1,8% do PIB mundial anual.

·       Países de renda média ou baixa arcaram com quase 40% desse custo.

- O Brasil, a China, a Índia e a Rússia respondem por 25% do total.

 

 

Mensagens principais

 

·       O tabagismo é um grande fardo para a economia global.

·       É necessário que medidas abrangentes de controle do tabagismo sejam adotadas por todos os países, para reduzir o uso e os gastos atribuídos ao fumo.

·       A Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco da OMS determina que as Partes implementem medidas baseadas em evidências para reduzir o uso de tabaco e a exposição à fumaça do tabaco, incluindo políticas de preços e taxações, que são muito eficientes para reduzir o tabagismo e salvar vidas.

 

 

Estudo

 

O estudo completo está disponível em inglês no seguinte link: http://tobaccocontrol.bmj.com/content/early/2017/01/04/tobaccocontrol-2016-053305.full

 

 

Recursos adicionais

 

·       Uma nova monografia, The Economic of Tobacco and Tobacco Control, do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, em colaboração com a OMS, pode ser encontrado em inglês em https://cancercontrol.cancer.gov/brp/tcrb/monographs/21/index.html.

·       Um fact sheet da epidemia de tabaco no mundo (em inglês, russo, chinês, francês, português e espanhol) pode ser encontrado em http://global.tobaccofreekids.org/files/pdfs/en/global_tobacco_epidemic_en.pdf.

 

 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2