Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Ratificação de acordo antitabaco divide governo (8/2/2005)
ACTBR

04.02.2005

Apesar do empenho do ministro da Saúde, Humberto Costa, em obter do Senado a ratificação da Convenção para o Controle do Tabaco, assinada em 2003, o governo está dividido sobre a matéria, segundo o senador Paulo Paim (PT-RS).

Há temor de que a ratificação do acordo resultará na diminuição dos 2,4 milhões de empregos gerados no setor e a queda da arrecadação de impostos sobre a produção e venda de tabaco.

Dados do Anuário Brasileiro do Fumo de 2004 mostram que os impostos renderam ao governo R$ 6,46 bilhões no ano passado. "Entre o lobby dos produtores e o da saúde, vencerá quem estiver mais forte", prevê Paim, vice-presidente do Senado.

Assessores de Humberto Costa informam que, no retorno dos trabalhos do Legislativo, no dia 15, ele retomará as articulações no Senado para aprovar o texto o quanto antes. Sem isso, o Brasil não poderá participar das conferências em que serão acertados mecanismos de apoio financeiro a produtores que substituírem a cultura do fumo.


Fonte: Ag. Estado
http://www.cruzeironet.com.br/run/4/158771.shl
 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2