Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Mais uma vez, indústria frustra agricultores, diz Fetaesc (11/1/2005)
ACTBR

11.01.2005

Brasil - O preço do produto gerado na safra de tabaco 2004/2005 recebeu aumento de 10% em relação ao auferido na produção anterior, segundo o Sindicato da Indústria do Fumo (Sindifumo). O reajuste ficou muito aquém do pleiteado pelos agricultores. "Sem dúvidas, mais uma vez, o reajuste frustra os agricultores", disse o diretor financeiro da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Santa Catarina (Fetaesc), José Walter Dersch."A nossa proposta era de 26% levando em conta o aumento de 19% no custo de produção e 6% referente ao reajuste recebido na safra anterior. E a indústria disse que o reajuste no custo de produção é só de 9,9%. Esse reajuste é o que fica valendo, mas ele não tem o nosso aval. Entenderíamos que, pelo menos, se a indústria fosse repor as perdas passadas e cobrisse o custo de produção, de 19%", diz Dersch.

Na avaliação do presidente do Sindifumo, Claudio Henn, o aumento de 10% vai continuar cobrindo integralmente os custos de produção, ao contrário das principais lavouras de interesse econômico, como a soja, o arroz, o algodão e a uva, por exemplo, que estão operando com preços abaixo de custos.

Para Henn, o índice pleiteado pelos fumicultores está "totalmente fora da atual conjuntura econômica", especialmente de atividades agrícolas, tanto para produtos de consumo interno como para a exportação. "A indústria tem suportado uma ampliação significativa em seus custos de produção, reflexo do aumento, acima da inflação, de uma série de itens como embalagens, frete e energia, onerando ainda mais a atividade", declara Henn.

A comercialização do fumo se iniciou nesta terça-feira com a nova tabela reajustada em 10%. Com o reajuste, o BO1 passa a valer R$ 5,559 o quilo e a arroba R$ 83,85. Já para o TO2, R$ 4,49 o quilo e a arroba R$ 67,35.

Fonte:  InvestNews
http://www.investnews.net/ultimasnoticias/default.asp?id_editoria=2345&id_noticia=482297
 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2