Agenda
Artigos
Boletim
Campanhas
Enquetes
Notícias
Press Releases

 

 
 

 
Principal > Comunicação > Notícias

notícias

Temporão afirma que Lula tem consciência sobre veto ao fumo (5/9/2008)
Folha de S. Paulo

DA AGÊNCIA FOLHA, EM RECIFE

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse ontem, em Recife, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva "tem consciência bastante clara" sobre a necessidade de se proibir o fumo em ambientes fechados -medida prevista em projeto de lei do ministério.
Segundo o ministro, Lula disse que pretende continuar fumando na sala presidencial "em um contexto bastante diferente". O projeto de lei, afirmou Temporão, "será encaminhado e vamos dar esse passo importante para a saúde pública".
O comentário do presidente foi feito durante entrevista anteontem, quando Lula foi questionado sobre um decreto que proíbe o fumo no Palácio.
Durante a pergunta que lhe foi formulada, Lula fumava uma cigarrilha. Sobre o decreto que proíbe o fumo no Planalto, o presidente respondeu: "Menos na minha sala. Na minha, sou eu que mando".
O médico e colunista da Folha Drauzio Varella diz acreditar que o presidente estava brincando. Ele afirma que é preciso que a discussão em torno da proibição do tabaco em lugares públicos tome outros contornos. "O cigarro continua sendo droga lícita que pode ser comprada em qualquer lugar."
Já Paula Johns, diretora-executiva da ACT (Aliança de Controle do Tabagismo), considera lamentável a declaração de Lula. "Ele está confundindo a situação pessoal dele como fumante com uma questão geral e de interesse público."
Lula e Temporão participaram em Recife do lançamento do programa Saúde na Escola, de promoção de ações de saúde entre alunos da rede pública.


--------------------------------------------------------------------------------

Colaborou RACHEL COSTA


 

 
ACT | Aliança de Controle do Tabagismo
Rua Batataes, 602, cj 31, CEP 01423-010, São Paulo, SP | Tel/fax 11 3284-7778, 2548-5979
Av. N. Sa. Copacabana, 330/404, CEP 22020-001, Rio de Janeiro, RJ | Tel/fax 21 2255-0520, 2255-0630
actbr.org.br | act@actbr.org.br
FW2